Levando seu cãozinho pra conhecer o mundo

Alguns donos de cachorros  não suportam a ideia de sair da cidade sem levar seu companheiro de todos os dias junto. Mas viajar com seu bichinho de estimação não é tão simples quanto levá-lo a um simples passeio, por isso tenho algumas dicas de como lidar com essa situação!

Em qualquer circustância leve o kit básico de seu cachorro! Mimos do bichinho, como mantas, brinquedos, ração favorita.. tudo que faça com que o ambiente seja o mais familiar possível.
Nunca alimente-o pouco tempo antes da viagem, as chances de que ele fique enjoado são grandes, por isso procure fazer isso cerca de três horas antes.
Leve-o ao veterinário e informe-se sobre a necessidade de sedá-lo e sobre os melhores medicamentos em caso de náuseas.

no carro


Certifique-se de dar algumas voltas de carro com seu animalzinho alguns dias seguidos antes da viagem aumentando a duração do passeio a cada dia, assim ele associará o passeio à atividades agradáveis e você terá certeza da sensibilidade dele ao movimento do carro.

Durante o trajeto tenha cuidado com freadas bruscas e faça paradas com frequência, para que assim ele possa fazer suas necessidades e também esticar as pernas com um pequeno passeio em terra firme.

Cuidado com janelas abertas! Cachorros gostam de sentir a brisa e costumam colocar a cabeça para fora da janela, isso é muito perigoso já que ele podem agir no impulso de pular.
Jamais deixe-o trancado dentro do carro sem alguma companhia, mesmo que por pouco tempo. O animal pode se desesperar, alguém pode roubá-lo ou em caso de muito calor, pegar uma insolação ou sofrer de hipotermia, em caso de temperaturas baixas.

Procure não mantê-lo totalmente solto: existem cintos de segurança próprios a animais de estimação e deve haver alguém que sempre dê atenção ao bichinho dentro do carro, para que ele nunca se sinta sozinho.

no ônibus

O cachorro deve ser de pequeno ou médio porte e transportado em container de fibra. Deve permanecer todo o trajeto no assoalho em frente ao banco de seu dono, sem jamais ser colocado no corredor. Antes do embarque um atestado feito pelo médico veterinário e a carteirinha de vacinação devem ser apresentados, a consulta deve ter sido realizada pelo menos 15 dias antes da viagem. O animal só será levado em outro compartimento se houver um adequado à animais de estimação, do contrário, somente junto a seu dono. Manter o animal dentro do bagageiro está totalmente fora de cogitação.

É importante conhecer bem o temperamento de seu cãozinho antes da viagem: latidos e choros não são agráveis aos donos e muito menos aos outros passageiros, por isso, se seu cão não for tranquilo é preferível buscar outro meio de transporte.

no ar

O primeiro passo é ter um atestado de saúde e   carteira de vacina contra raiva com a primeira dose tomada há pelo menos 30 dias, na sequência uma solicitação deve ser feita ao Serviço de Sanidade do Ministério da Agricultura ou então por um veterinário autorizado a fornecer o Guia de Trânsito Animal. Também é necessário coletar informações deste gênero junto à companhia aérea. As regras podem variar de uma a outra, por exemplo, em algumas os animais podem ir junto ao dono ou como carga mas sempre em containers especiais*. Vale lembrar que colocar uma etiqueta na caixa onde o cachorro estiver com dados para contato e local do destino é importante caso ele tenha que viajar no compartimento especial.

*Os containers devem ser feitos de fibra com espaço para movimento de 360°, água e comida e forrado com material que absorva urina e fezes
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s